Técnico do Manaus lamenta goleada contra o Bahia: “O placar não condiz com as oportunidades que criamos”

Foto: Reprodução

Eliminado da Copa do Brasil após ser goleado pelo Bahia por 4 a 1 no estádio de Pituaçu, o treinador Luizinho Lopes disse que o Bahia se classificou de forma merecida á terceira fase da Copa do Brasil, mas não concordou com a elasticidade do placar.

Na visão do treinador, o Manaus criou oportunidades o suficiente para sair de campo com um resultado mais equilibrado, mas não foi tão eficaz quanto o adversário.

Fiquei chateado com a elasticidade. O placar não era para tanto. Pelas oportunidades que criamos, da forma que criamos, só faltou mais eficácia. Mas temos que tirar de aprendizado. A derrota como essa, num jogo tão importante, tem que servir para a gente ambicionar coisas para frente. Temos que tirar algum aproveitamento desse resultado para que a gente possa crescer.”

Assista a entrevista do técnico Dado Cavalcanti:

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Sobre Bahiaço 3452 Artigos
Veiculo informativo independente sobre o Esporte Clube Bahia
Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigas
O mais novo Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Reinaldo

O time do Manaus mostrou uma organização tática não vista em muitos times de série A, isso evidencia o bom trabalho do treinador. Quanto ao placar elástico mostra uma certa imaturidade do time do Amazonas, que proporcionou um jogo mais solto do ECBahia. Futebol atual exige acertividade, competência e uma pitada de sorte, jogar bonito apenas não garante resultados.