Médico do Bahia detalha situação de Yuri, Elton e Nilton

Coordenador médico do Esquadrão de Aço, Luiz Sapucaia explicou a situação dos atletas no departamento médico

Neste início de temporada, alguns jogadores do Bahia já compõem o departamento médico. Nesta terça-feira (29), os volantes Nilton, Yuri e Elton fizeram tratamento e não participaram da última atividade antes do jogo contra o Bahia de Feira, pelo Campeonato Baiano.

Coordenador médico do Esquadrão de Aço, Luiz Sapucaia explicou a situação dos atletas, a começar por Nilton. Presente na relação do jogo contra o Santa Cruz no último sábado (26), o atleta foi submetido a uma viscosuplementação no joelho, procedimento simples para fortalecer as articulações do local. O jogador deve treinar normalmente nos próximos dias.

Yuri

Primeiro lesionado do elenco, Yuri passou por uma artroscopia no dia 16 deste mês e está um grau de evolução positivo. Segundo o Dr. Luiz Sapucaia, a projeção é de que em até 15 dias o volante reinicie os trabalhos com bola.

“Yuri, como a gente tinha previsto, fez uma cirurgia, não foi uma lesão complicada, evoluindo muito bem, andando normal. Dentro de uma semana ou duas a gente deva estar com ele na transição física”.

Elton

Lesionado há uma semana, Elton foi ausência nas duas últimas partidas por conta de dores no púbis. O volante tem sua situação tratada com cautela.

“A pubalgia é uma patologia comum e requer uma atenção especial. Tiramos ele dos treinamentos, estamos fazendo reforço e o tratamento. Vem evoluindo, mas ainda não tem condições de jogar”.

Nilton

Mesmo sem ter atuado contra o Santa Cruz, o volante Nilton precisou passar por um procedimento chamado de viscosuplementação, após o jogo de sábado, que tem como objetivo fortalecer as articulações, neste caso no joelho.

Segundo o médico tricolor, a ausência no jogo desta quarta-feira acontece apenas como forma de prevenção e que é um processo comum após pré-temporadas.

“O Nilton, como outros atletas, tem patologia de desgaste articular, fizemos uma medicação no sábado à noite após o jogo e resolvi poupá-lo para proteger a cartilagem desse atleta, já que a pré-temporada requer um esforço maior. Resolvi poupá-lo para que não venha a ter uma complicação melhor. É muito comum, fazemos em vários atletas”.

O zagueiro Everson também vinha recebendo atenção do departamento médico, por conta de dores no púbis. Porém, já está recuperado e iniciou os treinamentos de transição física para voltar a estar à disposição do técnico Enderson Moreira.

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Sobre Redação 4840 Artigos
Veiculo informativo independente sobre o Esporte Clube Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*